Alerta da Fiocruz sobre o aumento de casos de problemas respiratórios com a chegada do inverno

CIDADE SITE GRIPE

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) emitiu um alerta preocupante sobre o aumento significativo de casos de problemas respiratórios no Centro-Sul do Brasil, coincidindo com a temporada de inverno. De acordo com a instituição, houve um aumento nas internações por quadros de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), causados principalmente pelo vírus sincicial respiratório e pela Influenza A, conhecida como o vírus da gripe.

O vírus sincicial respiratório é identificado como o principal agente causador de bronquiolite em bebês, uma doença altamente contagiosa que se manifesta através de sintomas como tosse e dificuldade respiratória. Embora os casos geralmente sejam leves, podem evoluir para complicações severas que exigem hospitalização.

Além do vírus sincicial, outro agente viral preocupante mencionado pela Fiocruz é o rinovírus, que tem afetado especialmente crianças e idosos no Brasil.

Embora haja um sinal de estabilidade nos casos de SRAG em nível nacional, onze estados estão registrando um preocupante crescimento na incidência dessas infecções a longo prazo. Entre os estados que apresentam aumento estão Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e São Paulo.

Até o momento deste alerta, mais de 78 mil casos da doença já foram notificados em todo o país este ano, indicando uma necessidade urgente de medidas preventivas e de saúde pública para controlar a disseminação desses vírus respiratórios durante o período de inverno.

Compartilhe

Outras publicações

0%